MUM – Museu da Moda

O MUM – Museu da Moda fica localizado em Canela-RS, ao lado de Gramado. É o primeiro do mundo, criado pela empresária, artista plástica e estilista de moda Milka Wolff. Um acervo luxuoso que nos conta 4.000 anos da história da humanidade através da indumentária feminina. Um ambiente fantástico, em que você se perde no tempo. O museu ainda conta com um setor exclusivo com 10 cópias fiéis dos vestidos da Lady Di que foram leiloados, com a presença da mesma, em 1997 na cidade de Nova Iorque.

Para os amantes da história social e cultural e ainda da moda, vale muito a pena conhecer!

DSC06382

DSC06482

DSC06391

Bizâncio – A riqueza do tecido e o comprimento da roupa indicava a posição social de quem a estivesse vestindo. Vestido em crepe de seda, adornos bordados em fios de ouro.

DSC06469

Persas – Usavam trajes mais quentes devido a região montanhosa. Suas vestimentas eram túnicas franjadas e mantos feitos com tecidos resistentes e macios, como a lã, o linho e a seda trazida da China.

DSC06395

Maria Antonieta – Rainha da França e Navarra

Belle Époque - No final do século XIX as novas-ricas queriam demonstrar o seu desejo e revigorar a antiga classe aristocrática.

Belle Époque – No final do século XIX as novas-ricas queriam demonstrar o seu desejo e revigorar a antiga classe aristocrática.

Avant Garde - A confecção era empetecada, com muitos babados, plissados e franjas. Os corpos femininos se libertam das armaduras de barbatanas, corsets.

Avant Garde – A confecção era empetecada, com muitos babados, plissados e franjas. Os corpos femininos se libertam das armaduras de barbatanas, corsets.

Anos 60 - No ritmo do twist, os vestidos curtos e a minissaia entraram no circuito fashion. Na briga das saias longas e minis, nasce o comprimento midi, muito usado com botas.

Anos 60 – No ritmo do twist, os vestidos curtos e a minissaia entraram no circuito fashion. Na briga das saias longas e minis, nasce o comprimento midi, muito usado com botas.

Anos 80 - Roupas extravagantes, grandes ombreiras, brilhos em tecidos como o lurex. O jeans passa a ser valorizado por grifes famosas e o uso do elastano nas peças passam a valorizar as curvas femininas.

Anos 80 – Roupas extravagantes, grandes ombreiras, brilhos em tecidos como o lurex. O jeans passa a ser valorizado por grifes famosas e o uso do elastano nas peças passam a valorizar as curvas femininas.

Anos 90 -  Estilo minimalista na tentativa de limpa a moda dos excessos dos anos 80. Trajes básicos propostos principalmente pela indústria americana. O uso do preto, em transparência ou rebordados se torna quase obrigatório para as festas noturnas.

Anos 90 – Estilo minimalista na tentativa de limpar a moda dos excessos dos anos 80. Trajes básicos propostos principalmente pela indústria americana. O uso do preto, em transparência ou rebordados se torna quase obrigatório para as festas noturnas.

Carmen Miranda

Carmen Miranda

Audrey Hepburn

Audrey Hepburn

Lady Di - Adquirido por US$ 135.000. Criação de Catherine Walker.

Lady Di – Adquirido por US$ 135.000. Criação de Catherine Walker.

DSC06459

Alguns dos muitosss lugares que Milka passou fazendo sua história.

E depois dessa volta no tempo, você pode tomar um cafezinho nesse ambiente maravilhoso.

E depois dessa volta no tempo, você pode tomar um cafezinho nesse ambiente maravilhoso.

Detalhe das mesas, como as máquinas de costura de antigamente.

Detalhe das mesas, como as máquinas de costura de antigamente.

Olha que charme a decoração do café!!

Olha que charme a decoração do café!!

DSC06472

E por fim, deixando um recadinho pra Milka, parabenizando-a pelo seu trabalho incrível.

www.museudamodadecanela.com.br

(54) 3282-1121

 

 

Nipo Brasileiro

Maringá está entre as cidades brasileiras que mais preservam a cultura japonesa. O Festival Nipo Brasileiro foi criado para dar continuidade às tradições nipônicas. O evento já conquistou reconhecimento nacional e hoje, faz parte do calendário de festividades de Maringá e atrai milhares de visitantes da cidade e região. Lá você encontra exposições de artes japonesas como Ikebana (arranjos florais), Bonsai (árvores em miniaturas), Origami (dobraduras em papel), Cerâmica Raku e muitas outras manifestações artísticas japonesas. Também conta com a presença de cantores nikkeys do Brasil de expressão nacional, a batida do Taikô (tambores japoneses) e ainda a dança Bon-odori, quando milhares de pessoas caem na dança. Além de toda tradição, o Nipo Brasileiro elege uma Miss Nikkey, podendo participar do concurso somente descentes de japoneses. O sucesso do Festival é garantido pelo trabalho voluntário da comunidade japonesa e de várias entidades envolvidas no evento.