O lado bom da vida!

Hoje resolvi fugir um pouquinho dos temas abordados aqui no blog. Navegando pelo Pinterest.com encontrei imagens lindas, de uma família. Então, por que não compartilhar com vocês? Faz a gente refletir um pouquinho, o quanto ficamos estressados por causa do trabalho, dos compromissos, e sem querer acabamos levando tudo isso pra casa. Descontando, em quem a gente mais ama. E mesmo assim, são essas pessoas que estarão ali, de braços abertos pra nós, pra sempre! Relaxe, brinque, sorria, se solte, saia da rotina, ame como se não houvesse o amanhã!

Keep calm and enjoy your family!

Anúncios

Pulseiras Spikes – DIY

Uma das minhas comprinhas na 25, foram as pulseiras spikes. Estava louca por elas! Então logo que encontrei, já aderi. O preço, por ser na 25, não me agradou muito, mas comprei do mesmo jeito. Quando voltei pra Maringá, as meninas da minha sala falaram que tinham feito, que tinha chegado as pecinhas na loja, pois vive em falta, logo que chega, já acaba tudo rapidinho. Então eu corri lá e gastei metade do preço( R$15)! É bem facinho de fazer, todo mundo vai dar conta =))

Você encontra todos os materias na Invicta – próximo ao balão Rocha Pombo

  • Fio de silicone, duas medidas do seu punho com uma folguinha pra dar o nózinho (50 cm)
  • Spikes da cor de sua preferência (a qntd depende do tamanho do punho, no meu caso foram necessários 13)
  • Base dos spikes (mesma qntd de spikes)
  • Cola acrilex 3d

Como fazer:

1º Passe cola na base e cole o spike. Repetindo o mesmo processo em todas as bases.

*Nem sempre o spike encaixará bem certinho na base, mas ao todo, fica imperceptível.

** A cola pode transbordar um pouquinho, limpe com um cotonete ou passando o dedo mesmo.

2º Deixe secar por 30 minutos para que fique bem firme, ou para garantir, de um dia para o outro.

3º Depois de prontos, já podemos passar o fio. Dobre o silicone ao meio e comece passando em apenas uma das extremidade, do meio para fora, em forma de U.

4º Confira as pontinhas do silicone, devem estar no mesmo comprimento. Agora é só ir passando os spikes um a um.

* Reparem que cada extremidade da base possui 2 furinhos. Com o fio ‘duplo’ em ‘U’ fica mais prático, pois já podemos ir passando nos dois furinhos juntos.

5º Lembra que no comecinho só passamos o fio em uma das extremidades da base? Agora então, para fechar a pulseira, vamos passar o fio naquela primeira extremidade que faltou. E em seguida dar vários nózinho BEM fortes, sem medo!

6º Depois de uns 5 nózinhos BEM fortes, corte as pontinhas, e se quiser pode dar uma queimadinha de leve.

Está pronta!!

Curiosidades Casulo Feliz

Fomos fazer uma visita ao Casulo Feliz com a faculdade ontem, e aprendi muita coisa que não fazia idéia. O Casulo Feliz está no mercado há 25 anos, trabalhando com fios de seda. E o diferencial da sua empresa, é que ele só trabalha com casulos defeituosos, aqueles que seriam descartados. A idéia surgiu quando Gustavo se questionou: porque somente os perfeitos são utilizados? Ninguém é perfeito e a beleza está justamente aí, nas imperfeições que geravam a personalidade de cada casulo. E assim, ele foi conquistando seus clientes. Gustavo também criou a palha de seda, que é a seda engomada. E toda a fiação é feita artesanalmente. Resultando em peças rústicas. Ele acreditou em uma idéia que deu certo, e conseguiu fazer com que muitas outras pessoas acreditassem também. Hoje, o Casulo Feliz está nas passarelas do Fashion Rio, SPFW, desfilando para marcas como: Osklen, Animale, João Pimenta, Priscila Darolt, Maria Bonita, Cantão… Demais, né?

Miss Paraná 2010, usa vestido de seda Casulo Feliz com um leque de casulos e lagartas.

O vestido está exposto na empresa.

A palha de seda criada pelo Casulo Feliz, e a seda hiper macia que estamos acostumados a ver.

Até mesmo os restos como estes tufinhos de fio são utilizados para fiação. São chamados de fios primitivos. Pois o processo é o mesmo que os primatas utilizavam.

Os fios dispostos lado a lado para então ser feita a tecelagem.

O tecido sendo produzido.

Jeans de seda? Isso mesmo!

Desenvolvido para Osklen.

Outra curiosidade: Todo tingimento utilizado no Casulo Feliz é natural. Através da casca de cebola, urucum, erva mate, serragem de eucalipto e pinos, garapeira, entre outros.

E agora os looks Osklen verão 2013 no SPFW, que é a marca que tem essa identidade sustentável e que acredita neste trabalho. A Osklen foi a marca que mais desfilou peças Casulo Feliz. Contribuindo para o reaproveitamento e educação ambiental.

Saiu na Capricho!!

Como eu disse, contando aqui um pouquinho sobre a experiência SPFW, lá é clicks pra todos os lados. Registrando tudo que vimos de mais interessante. As meninas da Revista Capricho, fotografaram meu look e fizeram uma matéria bem legal, dos melhores looks divididos por tendências.  No caso do meu look: a calça de couro!

Confiram aqui os demais looks e as trends que apareceram nos corredores da bienal!

Risotto Funghi

Delicia pro fim de semana!!

Ingredientes:

  • 1 litro de água
  • 1 cubo de caldo de carne
  • 1 Colher de sopa de azeite de oliva
  • 500 g de arroz arbóreo
  • Funghi seco a gosto
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 colher de sopa de cebolinha picada
  • 1 colher de sopa bem cheia de manteiga
  • 1 copo de vinho branco (seco)
  • 1 colher de café bem rasa de noz-moscada (opcional)
  • Sal a gosto

Modo de preparo:

  • Deixe o funghi de molho na água por 15 minutos
  • Retire-os e ferva a água em uma caneca
  • Em uma panela refogue o funghi e o arroz na manteiga
  • Adicione o vinho e deixe secar
  • Adicione o sal, a noz-moscada e a cebolinha
  • Aos poucos adicione a água e cozinhe em fogo médio (1 xícara ou 2 por vez)
  • Cada vez que começar a secar adicione mais um pouco da água até obter um arroz bem molhadinho e al dente

Pelos corredores da bienal

Pra não ficar nessa mesmisse de SPFW pra sempre, vou postar algumas fotos em geral, mostrando de tudo um pouco dessa experiência incrível que foi minha primeira vez, de muiiitas eu espero, no SPFW!

O corredor de entrada

Logo de cara, olhem só quem eu encontrei!! Julia Petit, linda de morrer

Lounge Make B.: o tempo todo cheio, aberto ao público, maquiando todo mundo!

Também no Lounge Make B., um espaço confortável, com telão, projetando tudinho que estava acontecendo dentro das salas de desfiles.

Fernandinha Souza dando entrevista

André Vasco

Lounge Melissa

Restaurante Paris6 dentro da bienal

Todos os pratos do Paris6 foram escolhas de celebridades, assim cada prato leva o nome de uma delas.

Chris Torloni – Risoto de funghi

Lojinha com antiguidades, produtos exclusivos SPFW, roupas, livros, acessórios, decoração, enfim de tudo um pouco!

mimos

Na sala de desfiles

A imprensa toda preparada

As baianas autênticas convidadas para o desfile da Adriana Degreas com o tema da coleção “Bahia de todos os santos”

Mariah também estava por lá..

Camila Coutinho do garotasestupidas.com.br

Desfile Adriana Degreas e ao fundinho ali na primeira fila Costanza Pascolato de calça roxa, um bafo! haha

E por fim, minha amiga, irmã, parceira, Mônica. Ela quem me convidou e não tive como recusar né!! haha Tnks, viu? =***